quarta-feira, dezembro 09, 2009

Quero algo novo - Vale Cultura

Na era dos arquivos MP3 não posso ver uma loja de CDs ou mesmos um sebo que ainda venda os antigos discos de vinil, que caio pra dentro. Mesmo sendo adepto às novas tecnologias, adoro comprar CDs os as antigas bolachas (quando sobra uns $$ né!). Mas, o incrível é que hoje quando vou a estes lugares não compro nada de novo.

O mesmo acontece nas livrarias, os bons autores ou os contemporâneos estão reclusos às feiras especificas, ou estas obras são encontradas sob encomenda. Restando-nos as obras do tipo Eclipse da vida para serem vendidos nas livrarias. Sei que há algo novo para ser consumido, mas a garimpagem e a informação, são fatores essenciais para consumir cultura.

E, parece que sairá do papel a proposta do governo em aprovar o Vale Cultura. Em ano de eleição, a medida é vista com desconfiança pela oposição, mas não deixa de ser um benefício que poderá aquecer o mercado, a discussão então está na semântica da palavra cultura.

Caso seja realmente confirmada esta proposta, já sei onde gastar o tal vale. Isso porque já gasto o meu vale lá. Trata-se da “Super Banca”, uma banca de jornal que vende de tudo, vende até comida, bonecos, brinquedos, CDs, etc. E o melhor: aceita vale restaurante. É lá, que troco comida por cultura. Agora trocarei cultura por cultura, para completar minhas coleções das minhas revistas, quadrinhos, jornais... E, enquanto isso aguardo pelas coisas novas, para gastar com um vale.

Nenhum comentário:

Postar um comentário