segunda-feira, julho 09, 2012

Moradores de rua acham dinheiro e perdem a identidade


Todos os jornais e noticiaram falam hoje, dia 9 de julho, sobre um casal de “mendigos ou moradores de rua” que acharam cerca de R$ 20 mil e entregaram à polícia. A história “comovente” é tratada como um caso inusitado por conta da honestidade do casal. Na entrevista o morador de rua ainda diz: “Minha mãe me ensinou a não pegar nada dos outros”. Bonito. Em exemplo da mais “pura honestidade” para contrapor com os inúmeros casos de corrupção que assola o país em todos os níveis, seja no governo, nas repartições públicas, empresas...


O caso dos “moradores de rua” que encontraram este montante é ainda mais grave. Isso, porque em todas as matérias veiculadas pela imprensa identificam o casal como: mendigos ou moradores de rua. Não possuem identidade alguma, nem nome ou sobrenome. São tratados como “os outros”, no inconsciente coletivo, como aqueles que moram ali, debaixo do viaduto, que pedem esmolas, que não tomam banho, que usam drogas, pois, são mendigos, moram na rua.


Os moradores de ruas vivem nestas condições por causas variadas como: abandono familiar ou até falta da família, situação econômica, desemprego, desajuste social e problema psicológico. Para muitos, estas pessoas não tem sonhos, não tem esperança de mudanças.  Estas pessoas vivem fora do contexto social e a pobreza é um dos fatores que mais contribui para o desequilíbrio social. São pessoas “invisíveis”, esquecidas pela sociedade, por uma política pública de qualidade capaz de trazer o sonho de volta para estas pessoas “sem nome”.

Confesso que fiquei indignado por não saber o nome destas pessoas, isso me incomodou muito e procurei em várias reportagens e não encontrei. E no final, o casal de “mendigos” voltou para debaixo do viaduto sem identidade e perdidas, pois ninguém as acha, nem o governo, apenas encontram o “dinheiro” que era a pauta da matéria e não as pessoas a honestidade do casal foi apenas o pretexto.

Em tempo: No dia seguinte todos os jornais noticiaram que os empresários donos do restaurante deu uma oportunidade de emprego ao casal e ainda pagaram um hotel para os dois. Bela atitude.

Um comentário: