sexta-feira, março 26, 2010

Cadê?

Cadê minha senha do banco que tinha anotado em um papel e deixei na carteira, porém eu não a encontro? Cadê minha caneta que comprei na semana passada e estava dentro do livro e já não está mais? Cadê minha chave do portão que nunca acho e sempre tenho que ficar tocando a campanhia para que alguém possa me receber? Cadê minha camisa que ganhei de aniversário e já não sei onde está? Cadê o controle remoto da televisão que estava em cima do sofá? Cadê aquele CD que comprei no ano passado e não sei pra quem emprestei? Cadê aquele boné que minha mãe me deu quando viajei e já não sei onde está? Cadê aquela cueca preta de cetim que ganhei e já não a acho na gaveta? Cadê aquele livro do Drummond que estava na estante e já não está mais? Cadê aquele DVD do The Cure que tinha comprado há três anos e já não o encontro? Cadê aquele vinho chileno que comprei no Carrefour no ano passado e guardei, porém sumiu? Cadê aquela gravata que combinava com o meu terno preto que estava no guarda-roupa? Cadê o meu chinelo que comprei em Minas Gerais, vivo descalço? Cadê aquele fone de ouvido do iPod que não o encontro? Cadê aquela agenda de anotações com o telefone dela? Cadê a coleira do cachorro, para levá-lo para passear? Cadê os meus óculos que sempre procuro e ás vezes os encontro no rosto? Cadê o cadarço do tênis? Cadê a chave do carro? Cadê o par da meia? Cadê a moeda para comprar pão? Cadê o relógio... Cadê as minhas horas... Cadê você... Cadê eu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário