quarta-feira, novembro 06, 2013

França: o berço da democracia e um passado obscuro


Ao contrário dos Julgamentos de Nuremberg, a "Épuration Légale" foi conduzida como um assunto interno francês. Aproximadamente 300.000 casos foram investigados, alcançando os mais altos níveis do governo colaboracionista de Vichy. Mais da metade foram encerrados sem acusação. De 1944 a 1951, os tribunais oficiais na França condenaram 6.763 pessoas à morte por traição e outros crimes. Apenas 791 execuções foram efetivamente realizadas. No entanto, 49.723 pessoas foram condenadas a "degradação nacional", que consistia na perda total de direitos civis.

Leia mais em: O calvário das viúvas da ocupação (28 fotos) - Metamorfose Digital http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=28528#ixzz2jrIaBUXV

Nenhum comentário:

Postar um comentário