sábado, janeiro 03, 2015

São Silvestre, Cãimbras e Prazer

Momentos antes da largada
A 90ª São Silvestre de 2014 foi a minha 7ª participação consecutiva e também a mais difícil. as principais dificuldades foram o excesso de pessoas nos primeiros 7 quilômetros, o que impedia emplacar um ritmo um pouco mais forte, pois estes primeiros quilômetros são os mais fáceis pelas constantes descidas. Era praticamente um tropeçando sobre o outro em um ritmo lento. Continue lendo...


No quilômetro 5, a organização pisou na bola. A multidão de corredores tinham duas pistas para correr, e ao chegar na Barra Funda, tinha uma curva estreita e, logo alí, colocaram o primeiro ponto de água. O resultado foi um caos, um verdadeiro pânico e formou-se uma enorme fila, quebrando o ritmo de todos.
Esta parada foi péssima para vários corredores, inclusive eu, que me quebrou o ritmo e começaram a aparecer 
cãimbras. No segundo posto de água, parei e me hidratei legal, aliás, tomei um banho com aqueles copinhos para aliviar o calor. Resultado: Esqueci que estava com o celular, e o danado foi banhado também e pifou.

O resto do percurso foi sofrido devido as cãimbras. Mas deu para completar a prova com um tempo aproximado de 1h55 e um enorme prazer de poder ter completado mais uma prova. Este ano tem mais, mas com uma preparação física bem melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário