quinta-feira, fevereiro 11, 2010

O povo é rato

O rato é um bicho nojento que devemos combater, traz inúmeras doenças, mas a mídia e algumas empresas multinacionais talvez não pensem desta forma, pois existem vários personagens com o formato destes roedores. Talvez, exista uma comparação entre o "povo" proletariado com esses bichos que vivem à margem de todo o reino animal na visão humana. Nos desenhos animados existem inúmeros personagens como: Mickey Mouse, Ligeirinho, Super Mouse, Tom e "Jerry" , Bernardo e Bianca, Topo Gigio, Stwart Litle, entre outros.

Quem conhece o apresentador Roberto Carlos Massa?, ninguém, mas o seu apelido "ratinho" o transformou em um dos mais importantes homens do meio de comunicação brasileira.

A Folha de São de São Paulo já alguns anos tem como mascote um rato para vender anúncios classificados. O Banco Bradesco tem o "Chip", mais um ratinho simpático para agradar o gosto da população. Os ratos não só invadem a mídia, mas aparecem também em nomes de bandas musicais, e até mesmo marca de roupas.

Gostaria de saber por que nós nos identificamos com os "ratos". Talvez porque a população mais carente vive nos escombros, moram em lugares difíceis de se viver e a luta pela sobrevivência em busca do alimento e do bem estar social é intensa. Os ratos são sempre perseguidos e comparando com os seres humanos, a ratoeira da vida é o desemprego, fome miséria que nenhum político será capaz de resolver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário